quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Sou gaja para apostar um rim..

Faz hoje precisamente um ano que recebi a carta registada a dizer que estava despedida.
Aposto que logo chego a casa e tenho outra carta registada à minha espera, desta vez da Segurança Social. Comecei o estágio profissional no dia 16, os burros pagaram-me o mês todo.. Agora claro que vão querer o dinheiro de volta... 

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Das coisas que me fazem querer mandar foder o Natal...

O Natal não são as prendas. Ok. Mas não me venham com merdas, toda a gente gosta de as receber. E eu admito que sou muito fácil de agradar, deiam-me um chocolatinho e eu fico feliz. Porque para mim o mais importante não é o valor da prenda em si, é mesmo a atitude, é mesmo sentir que se lembraram de mim.. E eu sei que já devia estar habituada a estas coisas, mas a verdade é que não estou. E depois da raiva, fica a tristeza, uma tristeza imensa por sentir que a minha família directa me tem tão em conta como uma formiga. E é assim que me sinto, pequenina. 

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Em janeiro liguem-me às máquinas...

Descobri que tenho uma costela cigana: numa semana festejei o meu aniversário quatro vezes. Da próxima vez que for ao Dragão, vou dizer a toda a gente que sou da família do Quaresma.. Tentar não custa!
Até dia 24 tenho dois jantares de Natal e um aniversário.. e depois é Natal.. e os sonos não se vão comer sozinhos! Nem o pão de ló com queijo, nem o bolo de cenoura e chocolate, nem o bolo rei... Só se pensar nisto já me sinto diabética...