sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Dá-me que pensar...

Quando uma das minhas amigas me diz que fico melhor com óculos do que sem eles... "Queres dizer-me algima coisa estes anos todos depois?", perguntei eu. "Não que fiques muito mal sem eles, mas com óculos ficas com um ar mais seletivo".. Não sei se isso é bom ou mau!

sábado, 20 de setembro de 2014

Pessoas que sorriem com os olhos

Adoro. Adoro pessoas que sorriem com os olhos.
Há aquelas que se riem muito e que até têm sorrisos bonitos, mas o sorriso não chega aos olhos.
E depois há aquelas que nem sequer mexem a boca, que mantêm, ou tentam manter, a expressão facial, mas os olhos traem-nas e sorriem com os olhos.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Porquê eu?

Às vezes pergunto-me porque raio é que assisto a coisas que não lembra a ninguém. Depois lembro-me que Deus nosso senhor jesus cristo me faz passar por estas merdas para eu dar valor ao que tenho de bom na minha vidinha. Mas eu já lhes dou valor por isso pergunto-me muitas vezes "porquê eu?" e fico horas a tentar perceber o que era suposto retirar da situação X para ser mais feliz. Ele, lá de cima, nunca me responde. E eu fico a pensar nestas coisas. Por exemplo hoje. Porque é que a gaja que ia dois bancos atrás de mim no metro começou a vomitar como se não houvesse amanhã? Aquilo parecia a cena do exorcista.. a mulher fazia aquele som desesperado a chamar o gregório com uma sonoridade tal que antes da primeira golfada chegar ao chão, já a carruagem toda sabia que a mulher ia vomitar. O que era suposto eu retirar desta experiência, alguém me diz?

domingo, 14 de setembro de 2014

Mítico 99

Ver o FC Porto empatar custa-me, mas hoje nem foi isso que me custou mais...
Ver o FC Porto a fazer um jogo completamente previsível e errar passes custa-me, mas hoje nem foi isso que custou mais...
Ver o FC Porto a culpar tudo e todos pela primeira perda de pontos no campeonato custa-me, mas hoje nem foi isso que me custou mais...

Aquele número. O mítico,  o eterno 99. Há números que marcam uma vida, uma história, uma geração... O 99 foi e será sempre "o" número do Baía e hoje custou-me muito vê-lo nas costas de outro jogador.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Remelas

Segundo o oftalmologista, o meu olho esquerdo não humedece como seria suposto. Mal o homem sabe que eu ando num trubilhão aqui dentro e choro pela mais pequena coisa... Ora eu, que não percebo nada de olhos está visto, choro tanto do olho direito como do olhos esquerdo por isso tenho para mim que o que ele quis mesmo foi aumentar as vendas de umas certas gotas para os olhos.
Mas eu faço o que me mandam e duas vezes por dia lá despejo as gotas nos olhos.
E as remelas que aquilo dá? Se eu fosse famosa e aderisse àquela moda das selfies ao natural quando se acorda... Uiii! Metade da foto era ocupado por remelas...

domingo, 7 de setembro de 2014

Quem usa óculos que se chegue à frente!!!!

Digam-me que me habituo a ver o mundo por estes rectângulos de ver...
Digam-me que me vou habituar rapidamente e portanto não vou tentar coçar os olhos e espetar os dedos nas lentes...
Digam-me que isto de usar óculos é bom...

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Eu e o carro - a saga continua!

Vamos lá a ver uma coisa: tenho um carro para eu usar, não para ser escrava dele. Não o lavo religiosamente todas as semanas (nem todos os meses vá), não o aspiro todas as vezes que levo a cadela lá dentro, enfim.. sei encher o depósito, os pneus e o reservatóriozinho  da água do limpa pára-brisas e sabe deus. Mas também não sou assim tão maçarica e sabia perfeitamente que tinha de trocar as escovas do veículo. Queria só que passasse o Verão porque como o carro fica sempre na rua, as escovas acabam por se desgastar mais rapidamente.

Mas o jovem da reparação do vidro aconselhou-me a não esperar mais e lá fui eu comprar as escovas. Ora aqui é a que porca torceu o rabo. Eu não sei trocar as escovas e ao pedir ao senhor da loja a amiga que estava comigo disse que eu devia ter vergonha e que não era preciso o senhor incomodar-se que ela sabia fazer aquilo. Não duvidei da palavra dela e cinco minutos depois lá estava eu a vê-la tentar trocar as escovas. Sim, tentar.. Acabei por passar no meu mecânico e pedi encarecidamente que me fizesse o favor de trocar as escovas. "Mulheres" foi o que ele disse com aquele ar de sabedoria. "Os homens e os carros" pensei eu já a revirar os olhos, mas não disse nada porque afinal o senhor estava a fazer-me um favor :)