quinta-feira, 28 de agosto de 2014

A picadela da menina

Não sei se o jovem é simpático por natureza ou se achou que o deveria ser por ter duas mulheres a fazer-lhe companhia enquanto reparava o vidro do meu carro.

A verdade é que interrompeu o preenchimento da papelada relativa ao meu processo para atender outro senhor que queria saber até que ponto é que uma reparação ficava bem feita. E vai daí que jovem pede para o senhor o acompanhar até ao meu carro e diz:
- veja aqui a picadela da menina!
Ao que eu respondo, já a rir-me, com um "salvo seja"! A minha amiga acrescenta um "a picadela no carro da menina" e o jovem desmancha-se a rir!

Saí do estabelecimento com o vidro reparado, uma daquelas cenas para tapar o sol, uma daquelas cenas de cheiro tipo pinheirinho mágico, mas em forma de carro, e carradas de rebuçados de fruta.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Das coisas bonitas que me acontecem...

Auto-estrada. A caminho de uma entrevista de trabalho. Muitos veículos no asfalto. Pequena pedra acerta em cheio no vidro da frente do carro de quem? Do meu, pois claro.
E se me tivessem dito ao telefone que por "empresa de marketing e publicidade" deveria entender "venda de gás natural porta a porta" nem teria saído de casa!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Heaven... I'm in Heaven!

Quem disse que é preciso ter um trabalho para ser feliz?
Quem disse que é preciso ter um gajo para ser feliz?
Quem disse que é preciso ter dinheiro para ser feliz?

Agora percebo a Floribela, a que não tinha nada mas tinha tinha tudo e que falava com uma árvore...



Heaven... I'm in Heaven!!!!

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Mais valia ter um néon em cima da cabeça!

E não é que aquela tradição (hoje vou-me abster de praguejar) de a noiva atirar o ramo às mulheres solteiras ainda se mantém? E não é que eu continuo a ser obrigada a participar nessa (como lhe hei-de chamar?) cerimónia? Não que eu faça questão, porque não faço, mas quando penso que evito uma vergonha, acabo por sofrer uma maior. Estava eu sentada no meu canto, sossegadita, quando o animador do evento anuncia alto e bom som que o atiranço do ramo iria decorrer no centro da pista de dança, logo todas as mulheres solteiras se deveriam dirigir para lá. Eu mantive-me quieta e sentadinha no meu lugar e a noiva lá começa a fingir que atira o ramo levando as solteiras ao rubro. Até que se ouve um "PÁRA TUDO. FALTA UMA". Se soubessem o amor que senti pelo meu primo naquele momento... Era tão forte que me apetecia bater-lhe só para extravazar tanto sentimento. O animador pergunta-lhe como me chamo, aquele camelo diz e lá estava eu a ser chamada pelo animador para ir para o centro da pista. Para despachar o sofrimento lá fui, com o meu sorriso mais amarelo e com o meu olhar de "tás tão fodido comigo" dirigido ao meu querido primo, que, no fim, ainda teve a lata de me dizer "ainda bem que só fazem isso às mulheres"...

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Putain!!!

Rais ma partam!!! Meio da tarde, um bom tempo como há dias não se via para a prática dos banhos de sol e não é que a merda do hipermercado estava a abarrotar? Mais de meia hora na fila da caixa e eu só queria iogurtes caraças!! E para sair do estacionamento? 37minutos exactos... O que vale é que não precisei de ligar o rádio enquanto esperava. Um best of da família Carreira ecoava do carro da frente e o David Guetta batia forte no carro de trás...

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

O drama... o horror... a tragédia!

Com esta coisa chamada Facebook consegue-se saber muita coisa. Por exemplo, eu fiquei a saber que uma prima por afinidade tinha tatuado a imagem de Nossa Senhora de Fátima algures no seu corpo. Ora, a última vez que ela veio cá, a minha prima não a nossa senhora, já tinha tatuagens nos braços e nas pernas e deixou a minha avó, de 82 anos, chocadissima! Convenhamos, uma jovem com um tanque de guerra tatuado num braço não é coisinha que uma pessoa de idade aprecie...

Ora a imagem da Santa teria tudo para agradar a minha avó. Afinal de contas, ela vai à missa todos os dias, ela reza o terço todos os dias e não há evento paroquial que ela não agracie com a sua presença. E eu pensei que este ano a minha avó não ia ficar tão chocada com a neta por afinidade.

Mas não podia estar mais enganada. A minha prima já nos mostrou a obra de arte corporal e.. Que grande obra! É uma tatuagem que começa ali debaixo do sovaco e vai até à anca! É um sítio estranho para andar com a santa... Literalmente debaixo do braço!!! E enquanto eu tremi toda só de pensar nas dores que aquilo deve ter dado, a minha avó ia tendo um ataque do miocárdio!!! E ainda bem que lhe compro corega, caso contrário a placa teria caído...

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Nem sei que título dar a isto!!!

O anúncio de trabalho pedia alguém da área de comunicação. Respondi e recebi resposta com agendamento de entrevista. À hora marcada, lá está eu e mais seis pessoas... Seríamos entrevistados por ordem de chegada. Em menos de meia hora, o senhor, uma figura do suposto jet7 (eu ligo tanto às revistas cor de rosa que tive deir ver ao Google) entrevistou seis pessoas. E a entrevista decorreu nos seguintes moldes:
- como se chama?
Eu, ainda a entrar na sala, pedi licença para entrar e disse boa tarde.
- nome?
Eu a pensar de mim para mim "mal educado de merda" lá disse o nome.
- idade?
- 30
- habilitações?
- licenciatura em jornalismo e ciências da comunicação
- jornalista portanto...
- não. Acabei o curso em 2005 mas trabalho desde 2006 na área editorial como... (e não acabei sequer a frase porque sua excelência me interrompeu)
- mas sabe escrever um texto?
- claro.
- e sabe o que são press releases?
- sim,  claro.
- concorda com um horário de trabalho das 10h às 20h de segunda a sexta?
- não tenho nada contra.
- e concorda como um um salário de 500€?
- não
E o homem olha finalmente para a minha cara. Até então este o tempo todo a apontar o que lhe dizia num caderno. E o meu CV, aquele que tinha enviado na resposta ao anúncio, contém esta informação toda obviamente...
- não concorda?
- não. Para esta zona da cidade não há metro por isso teria de vir de carro e não compensa.. (e a frase fica a meio outra vez)
- mas tem carro próprio?
- sim, mas... (e volto a ser interrompida)
- até ao final da semana ligamos para dar a conhecer a decisão. Obrigada e boa tarde.
- (pensei manda-lo à merda ou manda-lo apanhar no cu, mas calei-me) boa tarde.

10horas de trabalho, 500euros! Vou-me abster de mais comentários!!!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Nacionalizem-me, recapitalizem-me, privatizem-me...

... Mas agraciem-me com quase 5mil milhões de euros sim?
Eu também tenho um lado bom, um lado mais forte e mais seguro.. Juro que tenho, mas se não tiver, com quase 5mil milhões de euros, de certeza que arranjo!!

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Ser tia custa...

- Já te disse para arrumares os brinquedos todos!
- Disseste tia? não ouvi...
- É.. Tu andas a ouvir mal, um dia deste faço-te um desenho.
(Levanta-se e vai à sala buscar folhas)
- Toma, tens aqui folhas para desenhar.


Parti-me a rir por dentro, mas ficou de castigo que se lixou!