terça-feira, 22 de julho de 2014

Não gosto destas intimidades pá

O balneário da piscina é daqueles à antiga, ou seja, toda a gente toda banho junta e se não houver chuveiros que cheguem para todas, fica-se ali no meio à espera que haja uma vagazinha.
Nesta altura, com mais de um ano de aulas, já ninguém repara em ninguém. Já passou a fase em que se ouvia "Eh pá que cabelo grande" ou "Anda para aqui que partilho o meu chuveiro".
Eu, confesso, sou um bocado anti-social nesta situação. Não me sinto à vontade estar ali a ensaboar-me a falar com pessoas que não conheço. E perguntam vocês: então depois de tanto tempo já não as conheces? Não, respondo eu. Reconheço-as na rua, obviamente, e cumprimento-as, mas faço a aula concentrada e sem falar para ninguém, no balneário também não me alongo em grandes conversas, logo não posso dizer que somos todas grandes amigas.

Mas ontem a coisa tomou proporções estranhas. Sentia-me observada na aula e depois no balenário ela não tirava os olhos de mim. Estava a secar-me com a toalha e senti uma mão no ombro. Virei-me e lá estava a sorrir mesmo à minha frente. Queria dar-me os parabéns por estar mais magra e saber o que ando a fazer para o conseguir. Eu lá lhe disse que estava a fazer dieta e que tenho ido regularmente às aulas. Ela começa a contar a vida toda dela e eu ali, de toalha enrolada, a pensar que não precisava de saber nada daquilo...

20 comentários:

  1. "Anda para aqui que partilho o meu chuveiro (...) estar ali a ensaboar-me a falar com pessoas que não conheço (...) ela não tirava os olhos de mim. Estava a secar-me com a toalha e senti uma mão no ombro" - obrigado pelo testemunho, fizeste-me muito feliz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa mente viaja na maionese com pouco :P

      Eliminar
    2. Epá realmente o SOG tem razão, este post é... digamos... algo descritivo xD

      Eliminar
    3. Ahahah olha outro que viaja com pouco :p

      Eliminar
  2. Sou como tu, apesar de só ter tido essas experiências na escola, o balneário do básico era como o que descreveste, o da secundária tinha compartimentos. Preferi mil vezes o da secundária.

    E olha que isso de não tirar os olhos de ti, tinha cuidado! Nunca fiando :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que há ali um novo mundo para explorar.. se algum dia "mudar de time", já sei loool

      Eliminar
  3. És uma anti social Never da Silva! :P O balneário da piscina e estar enrolada numa toalha são, respetivamente, sítios e formas de travar amizade tão boas como as outras :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu sinto-me demasiado exposta.... No fundo sou um ser tímido tá?! :P

      Eliminar
  4. Existem pessoas que realmente não devem ter uma boa noção das coisas...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim não faz sentido nenhum abordar pessoas que não conheço enroladas numa toalha..

      Eliminar
  5. Essas intimidades também dispenso e prefiro outras...

    ResponderEliminar
  6. Na na ni na nao! Estou a sentir me ofendida... Nao te esqueças que eu sou a primeira hipótese se te virares pró outro lado!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sintas... Tu estás no topo da minha lista remember? !!

      Eliminar
  7. Realmente.... Nunca fui fã de balneários, já no tempo escolar. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lol é por estas e por outras que eu sou a favor de balneários compartimentados!!!

      Eliminar
  8. Uiiii, estava a ver que a moça era tipo a minha antiga formadora. Não sei se já passavas pelo meu blogue na altura. ME-DO!!
    Parece-me que deves ter cara de psicóloga ou o caraças... ;p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou de padre... vem tudo falar comigo e desabafar sobre os males da vida!!! Como se a minha não chegasse...

      Eliminar
  9. É compreensível. Eu cá também me sinto mais à vontade para confraternizar se estiver vestida :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo.. Vestidas, arranjadinhas não estamos estamos tão expostas!!

      Eliminar