terça-feira, 27 de maio de 2014

26 de Maio de 2004

Passaram dez anos e lembro-me de todos os acontecimentos daquele dia que teve muito mais do que 24 horas. Lembro-me do nervosismo que me acompanhou ao longo do dia, da incerteza que não me deixava decididir se ia para casa no fim das aulas ou se ia ter com alguém para não sofrer sozinha... E o receio! O receio de ver o sonho transformado em pesadelo. Não é que não acreditasse.. Acreditava, acreditava com todas as minhas forças que a vitória ia surgir, mas tinha receio do que teria de passar até ao momento da glória. Lembro-me do silêncio sepulcral naquela sala com mais de 20 pessoas. As trocas de olhares, as mãos inquietas e os pés que teimavam em não parar quietos.. E de repente a sala rejubila! Os abraços a pessoas que nem conhecia, as palmas, o "Goooooooooolo" gritado a várias vozes. Lembro-me das lágrimas no fim do jogo. Não sei, nunca soube, o que me fazia chorar, mas não chorava sozinha. Lembro-me do percurso a pé até aos Aliados agarrada ao cachacol, dos cumprimentos entre pessoas desconhecidas, das palmas, dos cânticos.. Lembo-me da festa, das vozes roucas, das bandeiras levantadas e do orgulho enorme espelhado na cara de toda a gente.

Pssaram dez anos e lembro-me como se tivesse sido ontem...



4 comentários: