quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Vinil

Lembro-me dos arrufos entre os meus pais porque causa do vinil: ele gostava de os pôr a rodar no gira-discos e ouvir a música alta (mais uma "herança" que me deixou), mas ela dizia que não conseguia estar em casa com tanto barulho. Hoje já ninguém os ouve. O gira-discos avariou e nunca mais foi arranjado; o meu pai nos últimos anos já não queria saber deles para nada e acabaram num canto de um armário lá em casa a ganhar mofo.

Decidi ver como estavam e, um a um, arranjei-lhes as capas (ok, há alguns que já não têm capa). Fui a duas lojas de discos ver se valiam alguma coisa, mas voltei a casa na mesma. "O responsável pelas compras está de férias, volte mais lá para Setembro", foi a resposta que ouvi nos dois sítios. Entretanto lembrei-me que posso muito bem oferecê-los como prenda de aniversário ou de Natal. Quem não gostaria de receber um vinil do José Malhoa ou do Jorge Ferreira? E do Grease ou dos Village People? E dos Supertramp ou dos Queen?

10 comentários:

  1. Eu gostaria,o vinil ainda me corre nas veias,e i meu funciona na perfeição.
    Super tramp,pode ser?
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode sim senhora :) No Natal já sabes que não precisas de pedir um vinil ao Pai Natal!! Beijinho

      Eliminar
  2. Qualquer pessoa que não tenha um gira-discos, vai achar essa prenda, uma má prenda.. :)

    Quanto a vendê-los, a não ser que tenhas aí uma raridade, de pouco valem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carago.. não me lembrei disso!! Se eu oferecer um disco a quem não tem gira-discos, o mais certo é essa pessoa oferecê-lo a uma terceira pessoa lol

      Prendas em Cadeia By Neverzinha da Silva :) soa bem!!!

      Eliminar
  3. Eu nunca entendi as pessoas que na era digital (a partir dos CD's), são fanáticos do vinil. Dizem-se os puristas... pfff. Puristas porque gostam de ouvir estática?
    Eu sou um impuro, um herege, que prefere a música "limpinha" do digital.
    Também tenho alguns (poucos). Que me lembre - porque nem sei por onde andam - constam da pequena lista um álbum dos AC/DC (Highway to Hell), dois do Jean Michel Jarre (que estava muito na moda na década de 80), acho que alguma coisa dos Pink Floyd e mais uma parolices Pop da altura, que a gaja comprava em saldo.
    Falando em monos, desde que o gira-discos avariou, também se queimaram dois leitores de VHS e aí é que tenho uma coleção de desenhos animado, que eram a delícia da minha desempregada. Já pensei mandar converter tudo para DVD, mas encontra-se quase tudo no youtube e tenho mais onde gastar o guito. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O leitor de VHS também já foi à vida.. Este uns tempos na prateleira a ver se ia para a arranjar ou não, mas acabou na sucata lol os filmes ainda lá estão, mas acho que jão não devem estar em condições porque já consigo ver bolor LOL

      Os vinis não os deito fora, ou vendo ou dou porque eram do meu pai e prefiro que alguém lhes dê uso do que se estraguem todos!

      Eliminar
  4. Olhaaaaaa podias dar-me um vinil :P Ou eu ir buscá-lo ao Porto :P Temos que falar disso temos! Acabei por decidir que nao vou com o meu irmão porque tenho outras coisas para fazer ... (agora que sou comprometidaaaaaa :P:P tenho que te escrever um mail... vou faze-lo right away) BEIJO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não for antes, prometo que te dou um no Natal :p José Malhoa tá bom? AHAH

      Eliminar
  5. Tinha trazido nas férias e vendias na feira da ladra. ;P

    Epá, tens um ganda olho... no perfil. Lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha.. nao fui a nenhuma!! tá mal!! Ainda arranjava lá um mono qualquer valioso ahaha

      Aqui para nós que ninguém nos ouve.. O outro olho é igual a esse LOL

      Eliminar