terça-feira, 30 de julho de 2013

She goes la la la la la



Os gritos não param. Ferem-se um ao outro, dizem palavras que magoam mais do que certos actos e ela, a pequenita, ouve apavorada o que se passa no quarto ao lado.

She goes la la la la la….

Começa a cantarolar, muito baixinho, mas as vozes do outro quarto não cessam. Ela sabe que não vão parar tão cedo e não pode fazer nada. Concentra-se na música.

She goes la la la la la …

Quando acorda o silêncio é seu companheiro. Já não há gritos e o sol vai alto. Hoje só há aulas de tarde e ela deixa-se ficar no quarto. A mãe vem acordá-la mas encontra-a sentada na cama a estudar. Tenta saber se ela ouviu a discussão na noite anterior mas ela não responde.

She goes la la la la la…

Na escola a professora pede-lhe para ler. Ela não gosta de ler em voz alta porque os outros meninos riem-se dela. Mas respira fundo, acena com a cabeça à professora e começa a ler. Lê para os outros mas não retém uma palavra do que disse. No mundinho perfeito da sua cabeça, a música continua a rodar.

She goes la la la la la…

Daqui para a frente, o mundo perfeito existe... e tem banda sonora! She goes la la la la la… 


4 comentários: