quinta-feira, 13 de junho de 2013

Ténue

Cancro. Essa doença que rouba vidas todos os dias a tanta e tão boa gente volta a rondar-me, a fazer-me sentir pequenina e impotente perante a sua força e as suas artimanhas. Ia cheia de força, a pensar em mil e uma parvoíces para lhe dizer quando a visse, mas a linha que separa o sorriso das lágrimas é demasiado ténue e mal a vi senti-me invadida por uma vontade de chorar enorme. E ali estava ela, mãe de uma grande amiga, deitada naquela cama de hospital. Quando me perguntou o que achava do seu novo visual eu forcei um sorriso e brinquei. "Está toda radical, se fosse a si deixava crescer uma crista só no meio", brinquei eu! Ela riu-se com vontade e prometeu-me que quando estivesse recuperada íamos tratar disso. Por enquanto tem de ver quantos dias fica internada e quando começa a radioterapia. Já fez quimio antes da operação que lhe roubou uma mama. "Sinto-me feia assim, é o cabelo que caiu todo agora o peito.." desabafou. Eu engoli em seco.. Não sabia o que dizer, mas ela falou primeiro "Eu vou dar cabo disto!". Consegui ver no seu olhar a batalha entre o medo e a esperança, naquele ténue linha que se ultrapassa quando se toma uma decisão... E ela já decidiu, ela vai dar cabo disto!

16 comentários:

  1. E se ela decidiu, ela vai conseguir :)

    ResponderEliminar
  2. Nas últimas duas semanas, além de eu próprio não andar a atravessar uma fase muito boa (a porcaria da pneumonia e o derrame na pleura anda a ver se me atrofia), recebemos a notícia de uma familiar com cancro da mama (a mãe e uma tia morreram da doença e uma irmã e uma sobrinha já a tiveram), mais um amigo que se foi com cancro do estômago e outro com cancro do pulmão. Ambos mais novos do que eu 8 anos... nem fui aos funerais. :|

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na família directa, o meu avô morreu com cancro do pulmão e o meu pai teve cancro na laringe (mas não morreu de cancro). no resto da família tem havido de tudo, desde cabeça a estômago... parece que já ninguém morre de velhice porra!!

      Espero que a tua fase menos boa passe rápido e que essa pleura te dê descanso!!

      Eliminar
    2. Há de dar. E se não der, resolvi não lhe dar confiança para me chatear. eheheh

      Eliminar
  3. É uma doença terrível, sem dúvida nenhuma... mas vai correr tudo bem, vais ver ;)

    ResponderEliminar
  4. o segredo para quando tás na merda é teres sentido de humor

    ResponderEliminar
  5. Dizem que o querer faz milagres... e ela bem precisa de um milagre. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se depender da atitude dela, vai acontecer um milagre :)

      Eliminar
  6. Passei por uma situação parecida. Só que não chorei. Ri, ri muito, com vontade. Porque sei que tudo vai correr bem. Não há outra hipótese. Tem mesmo de correr bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vai correr bem!! E ainda nos vamso rir disto tudo :)

      Eliminar
  7. Nem sei que te diga, porque este assunto também mexe muito comigo :/

    ResponderEliminar