quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Ai q' horror queridaaaa!!

Metro do Porto. Bancos de quatro. Dois lugares ocupados por duas senhoras cheias de "não me toques" e os outros dois ocupados por sacos. Eu queria-me sentar e pedi por favor para retirarem os sacos. Olhares de choque e de horror lançados na minha direcção. Eu a fazer a minha cara número 11 de "e quê? para hoje porra?". Uma delas pega nos sacos e trata-me por você. Eu detesto que me tratem por você, faz-me sentir velha. Mas depois percebi que elas falavam assim, à tia, com você isto e você aquilo e uns "ai não querida" pelo meio. Arrependi-me logo de me ter sentado ali. E elas a queixaram-se que a Babá (diminutivo de Bárbara?) no sábado passado não tinha ido ao salão, e que deve ser para não responder a questões obre o marido e o processo que tem em tribunal, e da crise que não lhes permitia ir ao Brasil este Carnaval.
E eu só me lembrava do Caco Antibes e da sua célebre fase "oh coisa di pobriiiiii"!


Nota: a crise deve tê-las obrigado a despedir o motorista e por isso andavam no metro. Ou então o metro é "chiquibem"!!! O que faz de mim uma super tia que já ando nisto vai para lá de 10 anos...

8 comentários:

  1. eu a pensar que esse tipo de criaturas só existia na televisão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só lhes faltava o "cabeção" todo armado pela laca!

      Eliminar
  2. Ahahahahahah! Tens de ter paciência, NTW. Aturares aquelas aves raras foi a tua boa acção do dia... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vendo a coisa pelo lado "bom", vi aquilo que não quero ser quando for cheia de dinheiro LOL

      Eliminar
  3. Cruzei-me com o mesmo género ainda na semana passada, em Lisboa. Elas 'andem' aí e é preciso ter cuidado :D

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. LOL querem é andar aí a mostrar que vão às compras.. As 'godas'!!!

      Eliminar