segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Um pequeno momento

Anda um vídeo a circular no FB sobre ajudar o próximo e tal e coiso.. If you give a little love you can get a little love of your own, acho que é assim a ideia chave! É muito bonito, mas é óbvio que a coisa nunca poderia ser filmada em terras lusas.

Ainda no sábado assisti a uma cena que me deixou de boca aberta: a estação de metro estava cheia, muita gente tinha vindo de Dragão e esperava agora outro metro de outra linha. Uma senhora com um pequenito estava mais atrás, afastada da confusão e a tentar entreter o filho. Quando o metro chegou toda a gente correu para as portas, a acotovelar-se e empurrar quem estava à frente. Faltava entrar a senhora e o miúdo e eu e a minha amiga. Eu digo à senhora para entrar e começam  dizer-nos que não cabia mais ninguém, que não havia espaço. Corro para outra porta e impeço a porta de fechar, deixo passar a senhora com o puto e lá vamos qual lata de sardinhas. Ninguém cedeu o lugar àquela mãe. O miudo diz que quer ver da janela, eu digo-lhe para vir para  minha beira que consegue ver pela porta. Vai a viagem de 10 minutos toda a falar comigo e quando vê o rio sorri e diz muito alto "olha menina, olha o rio tão escuro.. Os peixes já estão a dormir". Sai quase logo a seguir e vira-se para trás e diz "até amanhã menina". Eu sorrio e digo-lhe "olha se não te vir, feliz Natal". Ele olha para mim e sorri de uma forma tão sincera e tão linda que não precisava de dizer mais nada, mas diz "Feliz Natal" muito alto e acena. Fica a ver o metro continuar e eu aceno de volta.

E naquele momento senti que sim, que era Natal e que valia a pena acreditar...


7 comentários:

  1. As crianças têm esta magia. Mas maior parte perde-a à medida de cresce. Enfim...
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é por isso que eu digo que o Natal é das crianças! Agora sou uma grinch :/
      Beijocassss***

      Eliminar
  2. Hoje estou num mood muito sensivel :s e textos destes deixam-me de lágrimas nos olhos, com tamanha simplicidade!

    Acho que é por isso que gostei logo de ti assim que apareci por aqui :$

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos últimos tempos aprendi a dar importância a estes pequenos momentos.. e aos bocadinhos volto a acreditar que vale a pena acreditar :)

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  4. As crianças conseguem derreter-nos com um simples sorriso. Desarmam-nos por completo e é tão bom :)

    ResponderEliminar