segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Sem paciência para merdas!

-"Ah como tu tás diferente! Já não tens borbulhas! E não tás com maquilhagem.. Que andaste a fazer?"
-" Ah deve ser do sexo! Ontem tive uma noite inesquecível!"

E assim se corta conversa com aquelas tias-avós que metem sempre defeitos quando nos vêem!  A minha avó ainda lhe disse "oh, a minha neta estava a brincar", mas já era tarde demais. A cusca-mor lá da terra já tinha perdido a vontade de falar comigo!





10 comentários:

  1. Respostas
    1. alsa púdica é o que é!! mas a cara dela foi impagável!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Disse :) ela fez aquela cara de chocadíssima e eu virei costas e ri-me lol vou para o inferno por mentir :/

      Eliminar
  3. Há gente assim em todo o lado. Uma amiga minha acabou facilmente com as constantes perguntas de tias e tias-avós e amigas das avós e das tias-avós e avós, tudo com uma simples palavra:
    Tia/tia-avó/amiga da tia/avó: Então quando trazes cá a casa o teu namorado?
    Rapariga farta do mesmo: Namora-da...

    Fim de conversa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que não sou a única a aturar disto!!! Já tomei nota.. Se não for antes, no Natal uso essa!

      Eliminar
    2. Eu pensei que mudar a resposta do típico "não" para o "sim, tenho namorada" servisse para calar quem me chateia. Enganei-me. A pergunta muda para "E é jeitosa?"...

      Eliminar
    3. Oh isso também eu! dizia que sim e era quase interrogada pela PIDE: e como é? e o que faz? e é de onde? Já cheguei a responder que era suposto ser segredo porque "ele" era casado, mas nem assim...

      Eliminar
    4. Nem assim? Fogo!
      Será que vamos ser assim quando formos mais idosos?
      Mal por mal, ao menos a minha avó sempre foi mais estratégica. Quando as amigas lhe perguntavam (à minha frente) se eu já tinha arranjado "uma moça", ela respondia "Eu não pergunto. É a vida dele. Ele tem confiança comigo, quando quiser diz...", e depois olha para mim com aquele ar de avózinha! Mesmo quando não namorava aquilo me dava peso na consciencia.

      Eliminar
    5. Quando disse que era casado, cairam-me em cima! que eu era uma desavergonhada, q não tinha sido essa a educação que me derem e blá blá blá! Fui obrigada a repor a verdade!
      Eu espero ser uma idosa mais consciente da privacidade dos meus familiares! A minha avó diz que não queria morrer sem me ver casada... Acho que tens mais sorte :)

      Eliminar