segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Acho que mudei de ideias quanto ao bungee jumping

A despedida de solteira da minha amiga foi um sucesso.  O S. Pedro foi amigo, esteve tanto sol que tenho um bronzeado à trolha (com o top bem marcadinho neste pele agora menos branca) e o dia foi cheio de gargalhadas. A zona radical fez as delícias de toda a gente (eramos 10 pessoas) e os monitores tiveram uma paciência de santo para nos aturar..
Eu ia toda cheia de ideias para experimentar bungee jumping, mas acabei por não fazer. Primeiro porque tinha de pagar já que é considerado uma actividade extra e, como, tal, não estava incluída na entrada. Ora sendo eu uma portuguesa que vive na austeridade, 20euros para um salto? No fucking way!!!! Segundo,  depois de ter feito "salto negativo" (aquele em que se salta de baixo para cima, presos por uns elásticos) acobardei-me! Essa é que é essa... Saí dos elásticos do salto negativo a apalpar-me a mim própria  e ver se estava tudo no sítio. Sentia-me toda a chocalhar, mesmo com os pés bem assentes na terra. A sensação de "voar" é fantástica, mas o primeiro impacto é um bocado para o assustador. Meti-me a pensar e cheguei à conclusão que atirar-me para o vazio só com uma corda nos pés, seria coisinha para me dar uma taquicardia e por isso ataquei o slide. Esse sim, fantástico!

(o Park oferecia o salto de bungee jumping à noiva, que, para espanto de toda a gente, aceitou. Esteve quase a desistir quando já estava equipada e quase a desmaiar depois de saltar. Mas saltou carago!!!)

2 comentários:

  1. Acho que não conseguiria. Só de ver gente a fazer na televisão já me dá um frio no estômago...

    ResponderEliminar
  2. Eu ia mesmo com ideias de fazer, mas depois de ver bem o assunto, de ver bem como tudo se processa, acobardei-me!

    ResponderEliminar