quinta-feira, 15 de março de 2012

Análise

Esta semana não está a correr muito bem a nível pessoal.
Começou com a discussão "à antiga" com a minha mãe, que em poucas palavras consegue arrasar completamente a minha auto-estima, e continuou com uma troca de palavras mais acesa com um amigo.
Fiquei a pensar nessa troca de palavras e cheguei à conclusão de que não me consegui expressar. Ora vamos lá ver se me faço entender: ultimamente sinto que estás mais distante, são raras as vezes em que dizes alguma coisa por iniciativa própria, sou eu que mando e-mail, sou eu que mando sms e nem sempre tenho resposta! Tens a tua vida e não estás aqui ao lado? Sim é verdade e eu percebo isso, mas dantes não era assim! Se calhar habituei-me a ter-te "por perto" e não devia... A verdade é que me disseste que vinhas ao Porto porque eu perguntei e foi isso que me deixou triste.. Não é o facto de não teres tempo ou oportunidade para marcares um café, mas sim o facto de não teres dito que estavas por aqui. Depois da troca acesa de palavras disse-te que o mais importante era que sentia a tua falta e tu não respondeste. E agora que penso nisso, já não é a primeira vez que te digo isto e fico sempre sem resposta...

2 comentários: