quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Tem mesmo de ser Natal?

Adoro o Natal!! Não a azáfama dos shoppings  nem a enchente de Popotas e Leopoldinas (se bem que continuo a achara  Leopoldina bem mais normal do que a outra), mas aquela coisa de reunir toda a gente e ver  só sorrisos na noite de consoada.. Gosto de sair de casa à tarde para desejar pessoalmente feliz natal às pessoas com quem não vou estar na consoada e entrar em casa e sentir aquele cheirinho a canela das rabanadas e dos bolinhos de cenoura..
Este ano não estou com espírito natalício... Muito pelo contrário! Vai ser o primeiro Natal sem o meu pai e sei que não vai ser a mesma coisa.. Sei que a dada a altura a minha mãe vai começar a chorar e eu chorarei com ela.. Sei que a dada altura alguém dirá o nome de cada um de nós para entregar o presente (pronto, não o meu que há já alguns anos que não recebo nada) e o dele não constará... Sei que a dada altura me vou lembrar dele a resmungar comigo por lhe ter oferecido qualquer coisa que ele não gostava muito.. Enfim.. Tem mesmo de ser  Natal?

3 comentários:

  1. Eu nao aprecio muito o Natal, aprecio é os miminhos que a minha mãe faz, os sonhos e as rabanadas, que delicia...

    ResponderEliminar
  2. tem mesmo que ser...
    e é mais uma barreira a que te vais sujeitar de ultrapassar...
    não tens espirito mas se te permitires a ti mesmo (não pensando tanto e deixar naturalmente as coisas acontecerem) vais ver que o espirito vem.
    podes chorar, podes ficar triste mas no meio disso tudo haverá sempre um motivo para rir ;)
    eu estarei lá contigo...
    :*:*:*

    ResponderEliminar
  3. Corina: Sonhos!!! aiiiii são a minha perdição nesta altura lol

    hug*: o espírito ainda não chegou :/ e tenho tentado nao pensar muito no natal, mas nao tá fácil!! :* :* :*

    ResponderEliminar