quinta-feira, 9 de junho de 2011

Burrice ao cubo

Eu devia escrever "burra" na testa para me lembrar do que sou de cada vez que me olhasse ao espelho..
Tinha prometido a mim mesma que não te ia pedir mais nada, mas, mais uma vez, te perguntei se podiamos ir tomar um café. A resposta foi "Não".. Nada de novo, portanto... Não te vejo desde Março, não arranjas 5 minutinhos do teu tempo para mim, aquela que dizias ser a tua melhor amiga.. Esqueceste-te de me avisar quando deixei de o ser... Já nao te procuro como homem há muito tempo, desde que voltaste para a tua namorada, mas tinhamos prometido que nada iria estragar a nossa amizade... Acabaream-se so lanches, as tardes de conversa, os telefonemas, as sms´s (agora nem às que te mando respondes).. e eu não me conformo! Não me conformo em perder o meu melhor amigo e continuo a convidar-te para tomar café, para lanchar para fazer qq coisa.. já cheguei ao cúmulo de te dizer que vou ter contigo ao trabalho só para te dar um abraço.. Mas a resposta é sempre a mesma "nao"..
E o mais estúpido nisto tudo é que fico a roer-me toda para não te dizer nada dois dias seguidos e mal oconsigo fazer, mas depois ainda me dizes que passo bem sem ti... E eu, burra ao cubo, ainda fico com remorsos de nao te ter dito nada... Aiiiii raios me partam!!

Sem comentários:

Enviar um comentário