terça-feira, 24 de maio de 2011

Decisões

Decidi que não vou voltar a pedir-te que fales comigo.. E digo isto não porque já não quero saber se falas ou não, mas sim porque não aguento mais esperar por uma resposta tua. Olhar para o telemóvel a cada minuto que passa torna a espera ainda mais angustiante..

Decidi que não vou mais dizer que preciso de ti.. E não digo isto porque já não preciso, mas sim porque a tua indiferença me magoa... Quantas vezes me disseste que deveria ter falado contigo, que não devia estar sozinha quando te tinha na minha vida? E agora, agora que mostro o meu lado mais fraco, agora que te digo a chorar que preciso do teu abraço o que é que acontece? Nada....

Decidi que não posso continuar neste marasmo.. A minha vida está de pantanas, mas eu sempre dei a volta por cima. Desta vez está apenas e só a demorar mais tempo. E a explicação é simples: desde que entraste na minha vida, pensava que não teria de enfrentar mais nada sozinha. Baixei a guarda e tu entraste na minha vida ocupando cada buraco, curando cada ferida e iluminando cada sombra.. E eu, eu deixei-me preencher por ti...

Sem comentários:

Enviar um comentário